Wednesday, August 27, 2008

"Como é mesmo o MEU nome?"

Na Língua Portuguesa, o "s" entre duas vogais tem som de "z", como, por exemplo, em "casa", "fase", "atraso" etc. O nome da candidata do PT à prefeitura de Curitiba, Gleisi Hoffmann, é invariavelmente pronunciado nas propagandas do partido como se tivesse dois "s" ou um "c" ("Gleissi" ou "Gleici"). Será que a menina cresceu ouvindo seu nome errado e se acostumou?

Antes que alguém pergunte: não, as regras não mudam para nomes próprios, salvo quando são nomes estrangeiros pronunciados conforme a língua de origem. Nome escrito em português segue as regras da Língua Portuguesa. Se o nome Gleisi for pronunciado em alemão, por causa da ascendência da candidata, ficará algo mais ou menos como "Glaizi".

1 comment:

Yvana said...

Acho que as pessoas têm mesmo dificuldade com a pronúncia dos nomes próprios. Veja o seu, por exemplo: escreve-se Tomás, mas 99,9% das pessoas diz Thomas.
Só porque o nome é próprio, parece que as pessoas pensam que as regras de pronúncia mudam.
Beijocas.